Aquele momento em que você precisa arejar um pouco...

segunda-feira, 26 de junho de 2017

WE HOTEL CAMPOS DO JORDÃO – BALADA A NOITE INTEIRA




Não se hospede aqui se quiser dormir.

No final de semana de 24 e 25 de junho de 2017, minha esposa, eu e nossa Boston Terrier Cookie voltamos mais uma vez ao We Hotel em Campos do Jordão.

Além de ser em um local agradável próximo ao centro de Capivari, com funcionários simpáticos e instalações muito boas (o aquecedor do banheiro não estava funcionando, o do quarto estava vazando, mas tudo bem...), o hotel é bastante receptivo a cães. São poucos os lugares em que são tão bem-vindos e esse é nosso principal motivo por escolhê-lo.

Mas houve um problema bastante desagradável dessa vez: acordei às 5h00 da manhã de domingo ouvindo um “som de balada” – música e falação em alto volume.

Tentei voltar a dormir mas foi impossível. Fugindo das noites nem sempre silenciosas de São Paulo, era a última coisa que eu esperava enfrentar em Campos do Jordão.

Por volta das 5h30 resolvi interfonar para a portaria e perguntar de onde vinha o barulho e, para meu espanto, o funcionário que me atendeu (Sr. Oswaldo) informou que vinha do jardim da pousada mesmo. Eu pedi que ele tentasse resolver o problema, bastante inadequado para o horário e aguardei.

Próximo das 6h00 da manhã o barulho ainda nos incomodava e minha mulher resolveu interfonar também. Para ela, a explicação foi ainda mais assombrosa: ele informou que Roxana, dona da pousada, havia trazido alguns amigos e estava dando uma festinha, que ela havia dito que o hotel “We Celebration” era, como o nome diz, um local de celebração e nós deveríamos saber disso!...

Horas depois, durante o café da manhã, soubemos de outros hóspedes que eles também ouviram “barulho de festa” logo no início da madrugada. O quarto deles era em outra posição em relação ao nosso, de modo que concluímos que a “festa da dona” deve ter começado num local mais à frente do hotel e terminado no jardim logo abaixo de nossa janela.

Tendo viajado por diversos países mundo afora, mesmo tendo ficado inclusive em “hotel-balada” certa vez em Miami, jamais tive esse tipo de problema, muito menos esse tipo narcísico absurdo de resposta, uma absoluta falta de profissionalismo.


Infelizmente, não será nossa escolha nunca mais.