Aquele momento em que você precisa arejar um pouco...

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2008

QUE MARAVILHA...


Você acreditou, você se entusiasmou, panfletou por e-mail, e vibrou com a inclusão do Cristo Redentor entre as Novas Maravilhas do Mundo.

Segundo estudos feitos na época, a vitória do Cristo injetaria US$271 milhões na economia do Rio e criaria 250 mil empregos.


A campanha, que durou quatro anos, com manifestações de apoio do presidente Lula e dos governadores de São Paulo, José Serra, e de Minas Gerais, Aécio Neves, ambos do PSDB, contou com investimentos da Bradesco Seguros e Vale do Rio Doce.

Só durante a visita do papa Bento 16 ao Brasil, foram distribuídos 2 milhões de folhetos, além de 1,5 milhão de cartazes para serem postos nas paróquias.

Somando recursos públicos, como os R$ 85 mil do Ministério do Turismo, e privados, a campanha parece ter custado em torno de R$ 5 milhões.

E aí?!
Mudou alguma coisa?


Um comentário:

robertobech disse...

Além de achar esse negócio de novas maravilhas uma grande babaquice, tenho uma curiosidade. Reparei que as "maravilhas" norte-americanas, como a estátua da liberdade, comeram poeira na votação, enquanto "maravilhas" portuguesas e de outros países tão ocupados com babaquices quanto o Brasil se deram bem.

Você saberia algum link que informasse quantos votos vieram de quais países? Tenho a impressão de que essa babaquice suprema de votação só colou em países sorvete-na-testa como o nosso, mas queria confirmar.