Aquele momento em que você precisa arejar um pouco...

terça-feira, 27 de outubro de 2009

CONSELHOS PARA ENTREVISTAS DE EMPREGO


Já escrevi outros posts sobre esse assunto (veja aqui e aqui), mas num país com desemprego crônico – a despeito de sua queda que se anuncia por aí – esse assunto não sai de pauta.


Eu me divirto com os especialistas. Seus conselhos beiram o ridículo de tão impossíveis... Na verdade, nos aconselham qualquer coisa pois precisam colocar mais um de seus artigos no ar e assim manter presença na rede.


Vou citar uns conselhos e dar minhas idéias sobre eles. Numa entrevista de seleção o candidato deve:


1- Ter autoconhecimento.
Isso é fácil pois nascemos todos com grande talento para psicologia e nunca nos enganamos sobre nós mesmos, não é? Nossas opiniões sobre nós próprios jamais se apresentam contaminadas por vieses egóicos ou simples ignorância. Se dependessem de você, psicanalistas morreriam de fome.

2- Ter conhecimento sobre o mercado potencial de seu futuro empregador.
Sim, você, caro candidato desempregado, deve ter acesso a informações setoriais nem sempre divulgadas ou encontradas facilmente. Você precisa ser no mínimo como Peter Drucker e visualizar as tendências do setor para o futuro a médio e longo prazos, ou comprar uma bola de cristal e fazer algum ritual new age de visualização do Universo sem o empecilho das dimensões do espaço-tempo.



3- Compreensão e domínio sobre o processo de entrevista
Sabendo que há vários tipos de entrevistas de seleção – tradicional, conversacional, comportamental, de pressão propositada, a expositiva, só para citar algumas – e um número incalculável de tipos de entrevistadores elevado à enésima potência se levar em conta suas possíveis variações de humor (afinal, eles são humanos) você deverá investir um tempo para se preparar para elas. Algo em torno de 735 anos.



4- Conhecimento sobre a empresa
Mesmo se ela tiver um website decente (raro...), não se fie nele pois lá só encontrará a versão oficial do que é aquele antro onde tenta entrar. Procure pela web em sites de reclamações e de defesa do consumidor e encontrará a verdadeira face dela. Só não tente discutir o que ler ali com o entrevistador, certo?



5- Conhecimento Geral
Aqui recomendam “...saber o que acontece no mundo e as implicações desses fatos na sociedade e nos negócios, informar-se sobre os principais acontecimentos econômicos, políticos, sociais e culturais, cultivando o hábito da leitura dos bons jornais diários e revistas semanais nacionais e internacionais”. É isso aí: pare de perder tempo no Orkut e no Facebook e, pior, no Twiter, deixando de lado todo o enorme conhecimento que se pode adquirir em 140 caracteres. Mesmo se conseguir fazer isso, não se anime: com a produção de notícias e conhecimento crescente em progressão geométrica neste mundo globalizado e interconectado, some mais uns 2.000 anos em seu treinamento para entrevista, lembrando que, lá na frente, seu conhecimento sobre atualidades terá passado para a categoria de história da civilização.


Tendo conseguido seguir esses conselhos, Buda, o Iluminado, virá de lá do Vazio para cumprimentá-lo e Jesus Cristo finalmente voltará e lhe oferecerá seu santo lugar ao lado de Deus Pai Todo Poderoso, ou talvez Ele próprio ceda Seu lugar a Ti, oh ser inigualável.


Vender conselhos sobre entrevistas de seleção, em nossa atual e eterna realidade, é mais fácil que vender água no deserto. Vou me informar sobre esse tipo de trabalho...

Nenhum comentário: