Aquele momento em que você precisa arejar um pouco...

sexta-feira, 14 de maio de 2010

MILAGRE

Imagine você andando em sua bike nova, ciscando de nova, com trocentas marchas para subir ladeiras e correr por aí. De repente, numa curva, óleo na pista.

Você cai, se arrebenta todo, vai pro pronto-socorro. O médico, depois de uns exames, vem com um sorriso nos lábios e um RX na mão, dizendo:

- Milagre!! Quebrou todo os ossos do corpo, menos um!

Você iria mandá-lo à merda ou não?!

Então imagine que você comprou uma caixa de bombons pra sua namorada nova (bons tempos em que se fazia isso, heim?!). Você entrega a caixa e ela, ao desembrulhar o primeiro bombom, exclama:

- Nossa, está estragado!

E estava mesmo. Ela abre outro, com um sorriso no rosto, dá na mesma. Dá um suspiro, abre outro, mesma coisa. Ao final da caixa, quando ela tira o papel do último, já com uma cara não muito boa e imaginando que você comprou numa liquidação fora do prazo de validade, finalmente um bombom que parece comestível.

Você se arriscaria a comentar sobre o "milagre"?

Então porque cargas d'água quando ocorre um acidente no qual morre uma pá de gente, mas sobrevive UM, todo mundo sai dizendo que é milagre?

Que milagrinho fajuto, sô.

Pela última vez: milagre seria se NÃO MORRESSE NINGUÉM!

Nenhum comentário: