Aquele momento em que você precisa arejar um pouco...

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

ABAIXO AS CORPORAÇÕES


Dia desses, pela avenida Sumaré, vi pixada num ponto de ônibus a frase acima.

Imediatamente me lembrei daqueles muros no México em que se lia (ou ainda se lê, não sei) "abaixo os ricos".

Esse negócio de abaixo isso, abaixo aquilo é coisa de pobre. Se não financeiro, sim de espírito ou de intelecto.

Eu aposto que o garoto ou garota que fez seu protesto sujando a cidade (uma tremenda falta de cidadania e respeito ao próximo) estava usando um tênis de alguma gigantesca corporação, uma camiseta de uma enorme corporação, um jeans de uma universal corporação e, não esqueçamos, uma tinta spray de outra mega corporação.
O cara que protesta também as alimenta, não vive sem elas. Irônico, não?

Se mudar de ambiente e vir fazer seu protesto na internet, estará utilizando provavelmente um PC, máquina símbolo das corporações, produzido por diversas corporações, rodando com softwares de uma das maiores corporações do planeta.

E aí, macaco, vai protestar sobre o quê?!...

Um comentário:

Anônimo disse...

Além disso, é muito mais positivo ser pró do que ser contra não é? E, muitas vezes, é preciso ser mais corajoso para apoiar do que para criticar, certo?