Aquele momento em que você precisa arejar um pouco...

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

NINGUÉM É INSUBSTITUÍVEL?... BEM, A MAIORIA NÃO.

Auto-ajuda pode encher a alma de esperança, trazer algum sentimento positivo qualquer, tornar o mundo um pouco menos cinzento e coisas do tipo, mas não é algo que se deva levar muito a sério.

Os gurus da auto-ajuda podem espernear o quanto quiserem, criar argumentos (falaciosos), mas é isso aí. Ganham muita grana enganando desavisados que em verdade são loucos para serem enganados.


Anda rolando pela net um texto sob título “NINGUÉM É INSUBSTITUÍVEL?”, no qual a autora acusa executivos de não desenvolverem os grandes talentos escondidos debaixo de seus narizes.

Epa, epa, epa... Calma lá!


Se eu tenho algum talento é um outro que deve desenvolvê-lo? Por que não eu mesmo? Ah, sim, claro, porque é mais fácil jogar a culpa no outro, certo?!


A autora também cita Ayrton Senna, Einstein, Gandhi, Sinatra, Gisele Bundchen e vários outros, dizendo que eles também tinham defeitos humanos, mas eram gênios ou tinham dons insubstituíveis.

Sim, concordo. Mas péra aí: NEM TODOS SOMOS Gandhi, Sinatra, Gisele, Einstein!

Se todos fôssemos Gisele as clínicas de estética e cirurgia plástica não estariam faturando zilhões como atualmente, nem existiriam tantos programas como “Extreme Make Over”.


Se todos fôssemos Sinatra a Máfia iria à falência com nossa folha de pagamento e todos viveríamos só de cantar. Ninguém mais pegaria no batente nas fábricas, nas construções, nos escritórios.


Se todos fôssemos Einstein não haveria mais matadouros pois ele – com sua mente genial – era vegetariano.
Sim, somos todos únicos mas, e daí?...

Infelizmente, business is business e a imensa maioria de nós, humanos normais, medianos, manés, somos mera engrenagem na máquina.


Estraga-prazer? Hmmm...
É um hobby que ando cultivando.


THE HEADSHAKER.

3 comentários:

Natalia disse...

Lú...deixa eu sonhar vai...rs..rs..rs.. será que nem para meus filhos pequeninos sou insubstituível???
Oh.. dúvida cruel. Amigo cruel. Não vou mais fazer pausas... nem café, nem coca... nem água!
rs..rs..
Abraços,
Nat & Troupe

CaH disse...

Só pra constar: o programa "Extreme Make Over" reforma casas, e não pessoas...

Adorei o Blog

..................... disse...

Não é não.

O "Extreme Make Over" de que eu falo é um programa que passa (ou passava, sei lá) no canal People and Arts, se não me engano, em TV paga (veja aqui: http://www.tv.com/extreme-makeover/show/18722/summary.html).

"Extreme Makeover follows the stories of the lucky individuals who are chosen for a once-in-a-lifetime chance to be given a truly "Cinderella-like" experience: a real life fairy tale in which their wishes come true, not just by changing their looks, but their lives and destinies. This magic is conjured through the skills of an "Extreme Team," including the nation's top plastic surgeons,..."

Você confundiu com o Extreme Make Over - Home Edition.