Aquele momento em que você precisa arejar um pouco...

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

PELADOS

Dia desses, zapeando para espantar o tédio, vi Dani Suzuki, em seu programa TRIBOS do Canal Multishow, visitar a Praia do Pinho, em Santa Catarina e Abricó, no Rio de Janeiro, redutos de naturistas.

Mais interessante que as imagens – a maioria formada por gente bem fora de forma – são as elucubrações e ginásticas intelectuais dos pelados em justificar sua prática.

Segundo eles, procuram “...uma maneira de viver em perfeita harmonia com a natureza, abdicando dos valores materiais e exercendo o respeito de uns pelos outros”.

Mas isso só nos finais de semana, né?!...

Porquê naturistas, ao serem perguntados sobre seus motivos, não respondem simplesmente “porque sim” ou “porque eu quero, ué”?

Indígenas em vários países, aqui inclusive, andam nus há milênios e não precisam justificar coisa alguma.

Andar nu e em comunhão com a Natureza é “normal”, é óbvio, é comum, é... NATURAL.

2 comentários:

danielroma disse...

Parece justificativa de vegetariano que "come um peixinho de vez em quando"...

Ou é, ou não é...

=)

robertobech disse...

É como você disse: se é tão natural, para quê justificar? É gozado isso, sempre que alguém faz algo diferente tem uma justificativa. No fim das contas, parece que o sujeito faz a coisa não porque está afim, mas porque quer "vestir uma camisa".

..."vestir a camisa" em um post sobre nudismo? Juro que foi sem querer :-)